ALEXANDRE HERCULANO DE CARVALHO E ARAÚJO (Lisboa, 28 de Março de 1810 —Santarém, 18 de Setembro de 1877) Escritor, historiador, jornalista e poeta, … morreu lavrador. | Arquivo Distrital de Santarém
Saltar os Menus

Notícias

26 de Setembro de 2017

ALEXANDRE HERCULANO DE CARVALHO E ARAÚJO (Lisboa, 28 de Março de 1810 —Santarém, 18 de Setembro de 1877) Escritor, historiador, jornalista e poeta, … morreu lavrador.

Comemoramos este mês 140 anos sobre a morte de Alexandre Herculano na sua quinta em Vale de Lobos, no limite das freguesias de Azoia de Baixo e Póvoa dos Galegos (act. Póvoa de Santarém). Para aí se retirara, em 1867, depois de casar com Mariana Hermínia de Meira, para enfrentar um novo desafio na sua vida, o de agricultor, introduzindo técnicas muito inovadoras e produziu azeite de excelente qualidade, digno de prémios, nacionais e internacionais.

Morreu, sem descendência, deixou testamento público, lavrado a 12 de setembro de 1877, nas notas do tabelião de Santarém, Henrique Júlio Dias (liv.99, fls. 36v-38).

Assistiram-no no leite de morte, os médicos Dr. António Mendes Pedroso, Dr. António dos Santos, de Santarém, Dr. José Alexandrino de Avelar, de Lisboa e os lavradores Paulino da Cunha e Silva, de Alcanhões e José Cândido dos Santos, de Vila Franca de Xira.

Encontra-se sepultado no Mosteiro dos Jerónimos para onde foi transladado em 6 de novembro de 1978.

 

Links úteis:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Alexandre_Herculano

https://www.portaldaliteratura.com/autores.php?autor=331

PT-ADSTR-PRQ-PSTR17-003-0001_m0158

Portugal, Arquivo Distrital de Santarém, Registos Paroquiais, Paróquia de Póvoa de Santarém [Santarém], Registo de óbitos, B1, fl.14 do ano de 1877.

 

 

Esta notícia foi publicada em 26 de Setembro de 2017 e foi arquivada em: Documento em Destaque.

Comente esta notícia